domingo, outubro 15, 2006
















PERDOAI

Perdoai-me Deus,
se um dia em plena amargura,
por estar a terra seca, sem chuvas,
eu blasfemei,
ao perguntar: Meu Deus,
se Vós existes, porque nada fazeis,
para aplacar a dor do meu povo.
Perdoai-me Senhor,
se no desespero de ver
milhões de judeus
sendo abatidos, um a um.
como em dia de matança de gado,
conduzidos por coleira,
como se fossem animais.
E tais atrocidades nem a esses,
é natural, sequer pensar em fazer.
e, mirando o céu em agonia,
fiz ao contrário de Cristo, em blasfêmia:
Não os perdoai nunca nenhum deles,
oh Deus, daí antes a esses dizimadores,
a pior das sentenças.
Perdoai-me meu Senhor e Criador,
se alvejado pela total escassez
de alimentos para o meu povo,
eu clamei aos céus em tom rotundo:
cadê o Deus dos humildes,
que disse esses serem

bem aventurados,
porque deles é feito o reino do céu.
Perdoai-me Deus, de Israel,
se me indispus contra a crueldade
das grandes potências
que fazem dos indefesos escravos, seus,
e matam e torturam, e dizem
com obscenidade:
tudo o que fazemos, fazemos em nome
do Deus de Israel.
E nesse momento, vendo a cidade
em chamas, pessoas tornadas lama,
crianças órfãs, pais mortos,
as calçadas cheias de indigentes
fumegantes, já morendo,
eu olhei para o céu, em comoção,
e blasfemei mais uma vez,
pedindo-Vos: Concedei,Senhor,

aos assassinos,a condenação
perpétua; aos colonizadores,
o mais profundo inferno,
aos donos do pelourinhos,
quem torturou em nome do poder,
e de suas limitações visíveis.
Perdão meu Deus,
se quando um filho meu,
um menino qualquer, é violentado,
com a maior das indignações,
eu ainda Vos pergunto:
Onde estás ó Deus, que nada fazeis.
naeno:151006

Um comentário:

Isadora disse...

Muito bonito esse texto, me emocionei...
Da tua filha e principalmente fã, que, mesmo em silêncio,admira muito o teu trabalho, o teu dom...
Mil bjos...

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping