segunda-feira, junho 18, 2007

FLORES

Uma flor na sua cor possível
Abre a mão e colhe o sol
E aí se vê nascida
E sua cor. É amarela.
E suas pétalas são longas
E seu galho é marrom,
E o seu perfume desejável.

Uma flor de cor impossível
Combina matizes
Lançando umas sobre as outras
E fica o sol a insistir
Amarelo.
E suas pétalas são longas
E seu galho verde jurema
E o seu perfume é perceptível.

Uma flor que se arranca
Para limpar o lugar das outras
Abre-se e o sol a acolhe
E dá-lhe um amor voluntário
E a leva num relicário
Para enfeitar seu plantio
E muitas delas planta.

4 comentários:

Chris disse...

O lay tá lindoooooo!!! E gostei ds músicas.
Bjo no coração

Espirito da Lua disse...

Gostei ,,,esta muito giro;)


Bj Lua

naenorocha1@hotmail.com disse...

Espírito da Lua, o que qeur dizer giro?

Um beijo
Naeno

Angela Carolina disse...

Hum q bonito, gostei... E gostei do lay novo tbm!
Bjs

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping