quinta-feira, junho 21, 2007

TRAJES DO DIA

Cobriu-se a terra outra vez
Do mesmo claro,
Tecido fino, fiado à mão
De uma teia que ninguém vê.
Começa agora
O dia a dar seus beijos
E a nubente
Despoja-se no campo branco.
E a vestimenta
Da primeira mostra
Vem como maré rasteira
O sol marcando as calçadas
Os campos desocupados.
A cor vestida agora é outra.
De um esmerado tecido cor de ouro
Que os olhares ofuscam
E reluzente enobrece a moça.
E na mudança do tempo um ente fala:
“A felicidade é esta chama branda
Que não queima e vem do céu.
Dela se enfeitam
As colinas as campinas,
E bem repete o milagre
Que só Deus faz:
Ressuscitar a semente
Sob os escombros do tempo
Que ela se deu”.
Depois dos trajes dourados
Tinge-se o dia
De um cinzento
De fogo pigmentado.
É o preparo, foi um banho.
É um agasalho.
E agora é a noite
Separada.

9 comentários:

Miosotis disse...

Muito grata pela visita e pelo delicioso poema que me deixaste como reply.
Adorei!
E muito grata também pela minha nomeação dos tomates, lá no
Luso-prós...... :))
Quanto a este teu blog, não conhecia e pela vista de olhos que já dei, vou ter muio para espiolhar aqui.
Para já, excelente poema este do post do dia.
Parabéns.
Voltarei.
Volte vc também.
Beijos espalhados pelo campo de miosótis

Roberta disse...

Que posso desejar para você hoje?
Que as verdadeiras amizades continuem.
Que as lágrimas sejam poucas, e compartilhadas.
Que as alegrias estejam sempre presentes e sejam festejadas por todos.
Que o carinho esteja presente em um simples olá, ou em qualquer outra frase mesmo que digitada rapidamente
Que os corações estejam sempre abertos para novas amizades, novos amores, novas conquistas.
Que Deus esteja sempre com sua mão estendida apontando o caminho correto.
Que as coisas pequenas como a inveja ou desamor, sejam retiradas de nossa vida.
Que aquele que necessite de ajuda, encontre sempre em nós uma animadora palavra amiga.
Que a verdade sempre esteja acima de tudo.
Que o perdão e a compreensão superem as amarguras e as desavenças.
Que este nosso pequeno mundo virtual seja cada vez mais humano.
Que tudo que sonhamos se transforme em realidade.
Que o amor pelo próximo seja nossa meta absoluta.
Que nossa jornada de hoje esteja repleta de flores.
Que a Felicidade momentânea da Vingança, ceda espaço para a Felicidade eterna do Perdão.

Bjusss meu amigo

Tina disse...

"... é um agasalho, e é sempre noite. Separada? Não - Só. Noite...

beijos querido, obrigada por verbalizar. Lindamente.

serenidade disse...

Na ausência do meu Sol que o campo de trigo seja meu traje...

muito bonito.

serenos sorrisos

Márcia(clarinha) disse...

Obrigada pelo carinho em poesia que deixa lá no meu cantinho,ao entrar aqui todas as letras dançam, bom dia poeta!
beijoss

Laura disse...

Ah moço lindo, tanta poesia vertendo pelas ladeiras da alma...
A felicidade ée sta chama branda que nãoq ueima e vem do céu!
Ora ai está, mas a gente espera e espera e volta a esperar..sentadinho até evr.
Beijinho a vc , de mim...

Roberta disse...

Olá meu doce e gentil amigo =D...
como sempre os poemas estão ótimos...
venho aqui pra desejar um ótimo fim d semana...
ele chegando e espero q vc o aproveite ao máximo...
bjuss grandes

manuela disse...

Releio os teus versos pelo prazer de ler...descreveste de uma forma magnífica e ao mesmo tempo doce o passar do dia numa transformação poética das suas várias faces...amei...beijos poeta...

efeneto disse...

olá amigo, venho agradecer a tua visita ao espaço que tenho com outros amigos, e conviduo a visitar o meu proprio espaço, que está no meu perfil...
http://paginapoema.blogspot.com/
fica a promessa de vir visitar este teu espaço de palavras com a amizade e atenção que ele merece...até breve...efeneto.

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping