quinta-feira, julho 12, 2007

AMOR TAMBÉM É ASSIM

As pessoas se juntam em elos,
Que inesperadamente se rompem
E elas caem, cada uma para um destino.
A bebida e a música
Emitem gritos e frenesis,
Há lembranças que não saem
Como fenda pingando no coração.
E uma brisa de quase nada
Entra com cheiro de saudade.

Seria bom agarrar-se e separar-se,
Fazer as loucuras próprias do amor,
Morar, despejar, sofrer, desesperar.
Era bom ocultar o que se pretende
Enganar, machucar,
O que vale a brisa inocente?
Poder movimentar-se, completo,
As mãos tocando, o que isso diz?
Alguém não entende o por quê
Disso que se passa,
Nem o mundo para,
Tampouco pensa, é algo que não se cogita.
O mundo só se alarga
E acompanha a cada nó dos abraços.
E volta repetindo tudo
Em tempo de lágrimas e suor
Um resquício de que pecou
Pecado, a suprimida pureza.

17 comentários:

Loba disse...

Tb acho que amor deveria ser assim!!!! Combinamos de pensar igual? rs...
Adorei o poema, viu? Vc é mil!
Beijoconas

Yvonne disse...

Seria tão bom se tudo fosse assim. Lindo demais. Beijocas

Luciana Farias disse...

Oi, Naeno!!! Prazer em conhecê-lo, também!!!

Gostei do teu canto, volto mais vezes...

Beijão!

Miguel disse...

Gostei Naeno ...!

Obrigado pela tua visita comentada e muitos parabéns pelo teu blog ...!

Vou passar por cá mais vezes ...!

Um BOM FDS!
Um abraço da M&M & Cª!

cõllybry disse...

H o amor é tantas meneiras...

Ummmmmmmmmmm, doce beijo doce amigo

Raquel disse...

Olá!!
Lindo poema!!
Voltarei!
Um ótimo fim de semana!
Beijos

NUVEM BRANCA TÃO FOFINHA disse...

Um beijo grande do tamanho do mundo!

zetrolha disse...

Ainda hás-de chegar a Vincius de Morais.

Me Morte disse...

Lindo cantinho abriga esse poeta maravilhoso que me brindou com sua visita. Meu prazer é enorme em te conhecer. Super beijo.

Me Morte disse...

Seus slides mexem com nossa sensibilidade. Como pode num mundo tão grande irmãos sofrerem isso e outros com tanto?

Laura disse...

Olá, também tuas poesias são lindas e deve saber bem ouvi-las declamadas por ti.
felidcidade sempre e muitas canções, poemas no alforge para o caminho, sempre com teu violão. beijinho de mim...

Whispers disse...

Parabens!!

Lindo teus poemas, aqui se encontra um poeta verdadeiros...

beijinhos doces
whispers

naenorocha1@hotmail.com disse...

Obrigado a todos pelos comentários gentis.

Um abraço, beijo
Naeno

Naeno disse...

comentário perdido como a alteração do formato do blog

Naeno disse...

comentário perdido como a alteração do formato do blog

Naeno disse...

comentário perdido como a alteração do formato do blog

Naeno disse...

comentário perdido como a alteração do formato do blog

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping