segunda-feira, abril 30, 2007

TU

Inquestionavelmente tu
Rosa sobre as outras rosas,
Que sol e vento beijam primeiro
Que à minha boca encanta logo
E os meus olhos, ainda longe
Te avistam e ficam loucos de alegria
Desta beleza soberba.
Quando te abocanho
Não vejo espinhos
Mas eles já estão mordendo a minha carne.
Trabalho de nada, coisa feita à toa,
De saborear teus lábios
Jamais desistiria,
Que assim a vida fica boa.
Fio mais, como diria qualquer poeta,
Cativo teu,
De toca-la enlevam minhas mãos ardentes
E te colho, lançando dentro de mim
Uma profusão de amor.

8 comentários:

Anucha disse...

naeno, juro que falta fôlego ao ler uma poesia linda daquela. vc faz poesia como quem dá bom dia ao dia, né? aff. beijo carinhoso!

sayô disse...

linda tua poesia..
bj

Veronika disse...

Rosa rosada de amor... de todo tipo de amor

Un abrazo

sonia alves disse...

oi ,passei para ver as novidades e lhe desejar uma optima semaninha com tudo de bom ,muitas beijokinhas

sayô disse...

Olá Naeno
Fiz o post com sua poesia...tentei enviar pro email q vc deixou. Mas retornou (aenorocha1@hotmail.com).
Beijos

naeno_rocha@hotmail.com disse...

Sayô é naenorocha1@hotmail.com. E tu podes lançar direto no meu blog

nome: naenorocha1@hotmail.com
senha: deusepai

Um beijo
Naeno

João JR disse...

Lindo...mais um tão bonito amigo! adoro a tua poesia:))
Beijinhos

Ricardo Rayol disse...

Vejo que o amor incondicional e sem medo andou por aqui... muito muito bom.

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping