segunda-feira, setembro 25, 2006











PAI NOSSO

Pai nosso, que estáis no céu, no sertão,
santificado é o pó desse chão,
que segue essa romaria, na luta de todo dia,
e o trabalho de nossas mãos.


Que sempre valha Vossa vontade,
em tudo o que Vos pedimos, como imploração,
que nossas bocas não calem, nunca à oração,
se tiver de ser que seja, e Vós nunca nos falte.

Venha a nós, de vós, ó Pai, tudo o que meu povo quer,
que em nada, nada é demais, e a Ti já clamamos tanto,
fazei chover sobre o serão, a água, que os cristalinos,
dos nossos olhos, se iluminem, em alegria, paz e fé.

Dai-nos poder: colher, o pão, a transformação,
E sentai-vos à nossa messa, e se faça a primeira ceia,
Aqui onde o milagre, deu-se, por, só pelo vosso querer.
Porque , a essa altura, só fomos, sós e, nossos irmãos.

Ainda temos por pedir, a Vós, varrida, a tentação,.
de não termos, continuar, sendo presas do sistema,
promessas só as de Vós, que esperamos e vêm sempre
Faças de nossos peitos, moradia, e endereço, do perdão
.
naeno:apanhado

4 comentários:

Gabi disse...

Naeno...

Obrigada pela visita ao meu blog, mas sinceramente não entendi o que vc disse com relação ao nome...

Nomes nem sempre dizem o que realmente querem dizer e o nome do meu blog faz alusão a um livro de Pedro Almodóvar que na realidade é uma comédia...enfim. Não estou atrás de acessos, nao divulgo meu blog, tenho bastante amigos que (creio que não seja por caridade, mas porque gostam realmente do que escrevo) me linkam..sinceramente não entendi o que vc quis dizer.

Mas tudo bem. Vai ver você não queria ter sido entendido. E isso eu entendo.

Até

poemusicas disse...

Gabi,

Peço-te desculpas se tangenciei em torno do tema. Se pisei na bola. Perdão foi feito prá gente pedir. Não me deixe constrangido, tmbém não se ofenda. E se não for pedir demais me nando o meu comentários, às vezes eu não escrevo, e na vontade de que conheçam o meu blogger, faço bobagens. Intencionais.
Ontem, para ver o quanto a gente às vezes é imcompreendido, ou erra mesmo em suas ações, recebi um e mail de uma figura que não conheço, só fi o blogger dela, escrevi um poema, e ela me disse, em tom grosseiro que eu estava fazendo propaganda do meu blogger utilizando-se do dela.
E, acima de tudo a gente deve ser amigos, amigos que erram, que acertam, pois todos servem

Um beijo, desculpas sinceras.

poemusicas disse...

Prá tu veres como errar é desumano, falei, sem querer falei.. bobaagens. Intensionais. E não é, são sem intenções.

Telma disse...

Oi Poeta
Que coisa mais linda, vc escreveu no meu blog.
Um abraço

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping