quinta-feira, setembro 07, 2006









BAILALRINA

Olho a bailarina, como salta enpina,
cai num pontilhado, rastros de Iara;
andndo por sobre as águas,
quantos, ela tem de afetos, habilidosa garça,
como a dançarina, fazem gestos, igual.
E eu sonho desperto, na ribalta, quieto,
julgo, qulquer gesto, até comer picoca,
um temporal provoca,
olho a bailarina, com olhos de ainda,
quando mirva as luzes.
eu eu vejo a bailrina,
não acho normal, alguém voar, alçar,
distanciar-se do chão, rodopiar, acima,
de onde vão meus olhos.
Ai, elal vai voar, e que seja assim,
pousar, leve seus, por sobre mim.

naeno:devaneios:06

Nenhum comentário:

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping