terça-feira, janeiro 16, 2007

ENTRE EU E DEUS


Deus, perdão!
Se eu não errei
E me chamei pecador.
Se nos tremidos do mundo
Eu segurei pessoas no ombro
E quis que a morte
Me lançasse nos escombros
Que ajudei afastar.
Perguntai as línguas daqui,
Sondai ao sol meu vizinho antigo,
Se por alguma vez fugi de onde nasci.
Ou se por uma única vez saí de onde morri.

Perdão, Deus!
Se nas guerras que guerreei
Separando afastando contrários,
Sedentos um pelo outro,
E depois de haver enxergado a paz,
Eu desejei pra mim todos os disparos.

4 comentários:

Ludimila disse...

Oi Moço...
Amei seu comentário no blog...e, não pense que as mulheres não reparam nesses olhares "interesseiros" como vc mesmo disse...o que procuramos é uma vida com mais saúde, sem correr os riscos de "pegar" doenças típicas de obesos...mas ainda somos mulheres, desejamos como mulheres e sabemos muito bem como e quando atrair os olhares dos homens...
Ah propósito...achei linda as suas poesias...parabéns...vc tem muito telento!

Mary Help disse...

Estava com saudades desse seu blog show e com muitas coisas para se ler e ver!
Gosto de vir aqui, vc sabe colocar as coisas e dar um tchan em cada palavra!
Tenha uma bela noite e receba um beijo no seu coração, Mary Help!!!

Rose disse...

Olá, Naemo! Adorei recebê-lo em meu blog e vim retribuir a visita. Quanta inspiração! Agradeço os elogios feitos e, partindo de uma pessoa que escreve como você, sinto-me honrada e ao mesmo tempo motivada a continuar me aventurando na difícil arte de escrever. Uma ótima semana!
Grande Abraço!

Susana disse...

Oi.
Já escutei as musicas e sao muito giras.
Ficam no ouvido e são agradáveis de ouvir.
Vcs têm talento.
Boa sorte e muito sussesso.
Bjs

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping