terça-feira, janeiro 09, 2007

SOZINHO

O amor é uma companhia
e eu já não posso andar sozinho pelos caminhos
Porque eu não sei andar sozinho.
Uma vontade faz-me ter pressa
E me entreter menos
E sinto que gosto de andar olhando tudo

A ausência de um amor a mim,
Esteve sempre comigoi.
E eu preciso tanto de um amor
Que se não trago, penso
Como se fosse alguém a andar comigo.

E se um dia eu ver um amor,
Ou que só sinta,
Me arrepio, não sei porque me altero
Quando o não sofro de amor.
Tudo em mim é arquétipo de abandono
E o que é real, tudo me olha,
Com o delírio de um amor que a mim olhasse.

Um comentário:

Carol disse...

Mas que poema lindo, queria encontrar um amor também! Pra poder acompanhada!

E quero agrdecer pelo poema que você deixou no meu blog, é também muito lindo!
Obrigada!

=D

Beijos

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping