domingo, agosto 13, 2006






DESSE AMOR

Desse amor
já não há nada em mim,
esse amor que foi tanto,
hoje é tão pouco assim.
Eu nem sei,
quanto tempo durou,
de alguma lembrança,
algo em mim que ficou.

Eu sei, que era demais,
que enchia o meu peito,
e hoje nem sinto mais.

naeno/83

2 comentários:

Schüco Dourado disse...

Sensualidade à flor da pele, foto e poema.
Bom.

Anônimo disse...

Belo poema. Existem amores que não valem mesmo a pena.

um xero

Maria Dolores

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping