segunda-feira, outubro 30, 2006

TEMPO PROPÍCIO
















TEMPO PROPÍCIO

O tempo de agora é impróprio ao plantio,
é tempo de se acariciar as sementes, tocá-las
com mãos de seda.

Como elas estão no cio,
se dão facilmente, e amam antes de atirá-las.

O tempo ainda é puro estio, e impróprio,
a que se as arremesse no infértil solo,
as delicadas prenhes.

Mais à frente é será oportuno,
por enquanto é espera, protege-la ao colo.

Quando for o tempo enfim de planta-las,
já deve estar o campo,

um quarto preparado.,
onde elas se abrirão ao broto tão aguardado,
e choram e riem e calam-se a balançá-lo.

O tempo ainda é não é propício à colheita,
do amor guardado, pela vida inteira.
tempo de cuidar,

crescer, dar-se inteira,
às chuvas, ao ventos, bons à sementeira.
naenorocha

2 comentários:

Claudia Pit disse...

Olá, vim agradecer-te a visita feita no meu cantinho, mas não entendi direito o que vc quer que eu faça... Se for um layout para o seu blog, posso indicar uma amiga que faz trabalhos maravilhosos o blog dela é:
http://seuvisual.zip.net
Já se não for isso, volte e deixe um outro recado mais explicadinho,ok
Boa Semana

Luis Duverge disse...

Saber esperar é uma virtude e cada tempo quer a sua sementeira. Aqui bem devagar está voltando o Outono, aí se prepara o Verão.
Ficou o Lula, será propício? Ele diz que foi sabedoria do Povo ? Eu acho que foi a esmola da família que fez o barco continuar. Daqui a quatro anos, já passaram muitas sementeiras, vamos ver se o povo ficou melhor. Eu para o Brasil só queria uma classe média, no dia em que isso acontecer o mundo fica melhor.
Abraço.

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping