quinta-feira, dezembro 07, 2006


MORENAS MAGRINHAS
feito pra minha mãe

Fui morena magrinha, jeitosa,
Toda roupa me vestia bem.
Todo brilho de luzes, de ouro,
Combinavam com os olhos qeu tenho.

Toda flor era bem no cabelo,
Todo homem a me arrodear,
Os olhares, os mais sedutores,
O jeito mais tolo de me conquistar,

Nem parece, sou eu bem de frente
Do espelho que mora em meu quarto,
Me achando apressada no tempo
E me vendo mal acostumada.

Como as rosas tão murchas no vaso
Recurvadas, dizendo que a vida
É uma herança constantes de odoeres,
De belezas, Morenas Magrinhas.
naenorocha

2 comentários:

Manu disse...

Obrigada pela visita...se é amigo da Sheila, é meu tbm...rs, bjinho!!!

Naeno disse...

Este peema eu tenho por ele um enorme carinho. Fiz para a minha mãe quando ela tinha ainda cinquenta anos, e fiquei sem mostrá-la por um tempão porque à época ela não era uma flor recurvada, como hoje é.
Prá ela que tudo o que tinha à boca regugitou na minha, que passou noites e noites acordadas a velar meus sonos febris, meus delírios, à ela, a mulher mais importante da minha vida. Não sei se a igualo às outras que me cercam.

Entendam.

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping