quarta-feira, dezembro 06, 2006

VERDE - lembrei Fernando Pessoa

Do mangueiral
A sombra amiga, carinhosa e boa
Eu deixo-me ficar,
Alheio ao mundo, indiferente ao mal...
E opensamento, assim vagueando à toa
Adejo, sim, adejo

Sonho!...
E o meu sonhar é doce e transparente,
Tão límpido, tão puro
E tão risonho,
Que o meu viver de mísero descrente
de ilusões pinturo.

E sob o mangueiral
- A verde e altiva catedral,
Eu rezo à natureza - a deusa amiga,
Numa oração,
Numa oração que a dor mitiga,
Toda cheia de luz, de amor e de perdão...

Ai, como é bom viver assim,
Longe do vil rumor da sociedade,
Do bulicio sem fim
Que a gente escuta lá pela cidade.

Oh, alma, que prazer nos cerca e nos encanta,
Nesse recanto, em flor, por onde vamos!
Como a brisa farfalha e ri.. E, ai, como canta
O verde bandolim dos verdes ramos.

Eu me deixo ficar, horas inteiras,
Longe da dor que abate e que fatiga,
À sombra amiga,
Destas velhas e esplêndidas mangueiras...

E rezo à natureza,
Sem que, jamais, minha oração proíba,
Quanta verdade encerra, quanta firmeza
Neste grande missal que tournou-se a vida.
naenorocha

7 comentários:

Mônica Montone disse...

Olá, Naeno

Vim retribuir as visitas gentis que tem me feito!!! Obrigada! Esyeja sempre que quiser no canteiro Fina Flor.

Beijos meus

Mm

ps: eu também rezo à natureza ;o)

ps2: que coincidência, usamos uma foto igual [a do Victor Melo]

ps3: vou te linkar ;o)

Roberta disse...

Oiee...
obnrigada por tua visita em meu cantinho...
Eu vou t linkar lá, ok?!
Ñ é lagriam ñ, tava falando da conciencia...
Pelo menos era o q meu amigo me passou rsrs...
Adorei o poema...
bjussssssss

Ursula disse...

Lindo, lindo...Beijos

rouxinol de Bernardim disse...

Excelente abordagem de um tema de candente actualidade!

Taliesin disse...

Meu caro, gostei muito de sua visita oa meu reino e digo q não me arrependi de vir aki, pois seus poemas são muito lindos, esse verde eu viajei nas suas palavras na imagemq vc transmite muito bom mesmo parabens vou estar aki mais vezes.
abraços

Desambientado disse...

Não conhecia esse poema, mas é magnífico.
Só o escolhe quem tem verdadeira sensibilidade humana e ambiental.

O Bicho disse...

Muito bom.
Vou passar uns alguns momentos a reler este poema.

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping