sábado, dezembro 16, 2006



SAUDADE

Eu nunca disse amor que tu partisses..,
Saudade, amor, tão grande, eu nunca disse,
Eu sempre soube que viver distante,
Meu bem, eu ia assim, morrer de triste.

O que é que eu ganaharia com a saudade,
Que vem do sofrimento, da tristeza.
Estou perdendo tempo em minha vida,
De nada vale olhar a natureza.

O que é que poderia inda eu querer,
,Que não o afago de tua mão serena,
Privado do amor, do bem da vida,
E dói a dor que nunca fica amena.

Amor, ausência tua é estar distante,
Da fonte que a alimenta minha vida,
Buscando repirar o rafefeito,vento
tão escasso na saída.

Amor, eu vejo os anjos e te vejo,
Querendo lá no céu eu tento ainda,
Chorando,compulsivo, pelo beijo,
Mia boca a tua busca, tão perdida.

naenorocha

Um comentário:

Mary Help disse...

Lindo poema...eu achei um show! Vim desejar um Feliz Natal e um Ano de 2007 repleto de alegria e realizações, beijinhos no coração!
Mary Help!!!

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping