domingo, dezembro 31, 2006

ESTRADA CERTA

Por esta estrada onde tenho passado por muito tempo
É nela que vou continuar andando
Ela já não me assusto mais
Tudo conheço, de quase tudo dela eu sei.
De vez em quando me espanto
Na frente do espelho
Mas quando abro os olhos,
Porque as vezes insisto
Em não parar e não dormir,
Vejo a mesma companhia, e sempre sou eu.
E os meus pés não se enganam ao pisar,
No leito desta estrada, onde tanto já deixei,
Por ela eu sigo, e não voltarei.
O que deixei cair, ficaram lá onde estão
E se larguei, deixei por não me interessar mais.
Voltar não se justifica mais,
Porque o que eu já andei, deixei, não olhei,
E andei sabendo que à frente é onde estão
Meus encontros assinalados, inevitáveis,
O que juntarei.
Não sou de juntar
O que pegarei pra fazer o que for
Pra me espantar, de surpresa
Para eu andar com clareza
De que tudo, amando, apegando,
Tudo um dia deixarei nesta estrada.

4 comentários:

Menina do Rio disse...

Estou encantada com seus poemas!!!
Quero agradecer sua doce visita e pedir que mantenhamos uma bela amizade doravante!

Beijo doce no teu coração e tem um "FELIZ 2007"!!!!!!!

Momentos vadios

Dei-me a recordar momentos sentidos
Sonhos que se foram ao amanhecer
Em meus devaneios,
A realidade
De que não verei
A bela face de teu sorriso
As mãos que não me tocaram
E os lábios que nunca beijei...
(by menina)

Sergio disse...

ola, naeno!

feliz 2007!

beijos

Eärwen Tulcakelumë disse...

Retribuo tua visita no desejo de que tenha um ano de 2007 banhado de boas inspirações!!!!!!!
Pérolas incandescentes de luz!!!!
Eärwen
01.01.07

Baby disse...

Naeno, um feliz 2007 para ti todos os teus.
Obrigada pela visita. gostei do que escreves, vou voltar mais vezes para te ler.
Que essa estrada que tão bem conheces, ´seja larga o suficiente para que caibam os teus sonhos, as tuas vontades e as surpresas feitas de luz para iluminar a tua caminhada, sempre para a frente, que o que fica para trás são cinzas apagadas!

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping