domingo, outubro 01, 2006
















DEVANEIO

Quem disse que a tarde morre,
certamentea, um pobre poeta, no breu,
Louco para que o dia rebentasse, em flora,
desejoso por motivos, falar: o sol nasceu.

O poeta é um ser que é todo delírio,
quem julga esse ser, que encanta,
somente por isso, porque é lírico,
tem a mais da vida, só esses espantos.

Ooha como às vezes é engraçado, um poeta,
para ele todo dia o céu é um parturiente,
e todos os dia pare, na manhâzinha o sol,

O ocaso é outro rebento, que anuncaia,
e ele até choros da boca da noite, ouve,
e chora emocionado com a carinha do dia.
naeno:011006

Um comentário:

Labellaluna® disse...

Não pude deixar de voltar... realmente o poeta encanta...
beijo grande

http://puralua.zip.net
http://nabolsadamulher.blogspot.com
http://nosbaresdavida.blogspot.com
http://newsblog.com.br

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping