terça-feira, novembro 28, 2006


ESPERANAÇA

Todos os dias milhares de mulheres
Renovam nossas esperanças de que mude o mundo.
Delas nascem a esperança;
E o mundo se renasce pelo nascimento.
E o nascimento renasce a esperança.
E a esperança nasce das mulheres.
Que são como botões de primavera;
Se abrem e deixam se ver novas cores,
Novas fragrâncias, e cores diferentes.
E renascem por todos os dias,
Como por todas as primaveras.
Galhos cortados se refazem,
Muito mais amplos e mais abertos,
Como a esperança que se anuncia,
O renascimento do sonho.
Maternidade e boa vontade das mulheres.
Todos os dias, as nossas esperanças
Em chegarem os novos ao mundo velho,
Se renovam, por elas.
Conchas que ao mundo, se abrem,
E mais outras esperanças gritam,
Como já prenunciado o desafio,
O tanto que esperamos neles,

Por nossa felicidade.
naenorocha

3 comentários:

Ursula disse...

Entendi: nós mulheres somos o máximo mesmo!! rs, rs
Beijos, beijos
OBS: lindo o post.

Naeno disse...

Querida ursula,

Deus quando fez a mulher, deixou pronto um homem como modelo, e a disse: Fazes o restantes deles utilizando-se dete que fis, não necessáriamente os faça iguais. Dá o teu caractere, a tua forma, porue tu és capaz. I isto cberá a ti por todo o tempo vindouro.

Um beijo

Naeno

João JR disse...

Que lindo Naeno..tu escreves maravilhosamente bem. Adoro ler-te, é sempre um previlégio e um grande prazer!
Bem verdadeiro este teu poema, é mesmo assim..sem tirar nem pôr:)
Obrigada tb pelas tuas visitas ao meu cantinho, e pelas palavras tão certas que sempre me deixas ficar:)
Um santo natal para ti tb, e para os que mais amas.E que seja Natal para voces todos os dias do ano, ao longo da vida..com tudo de bom que a vida tenha para te dar. Muita paz, saúde e amor. O melhor!
Um grande abraço

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping