domingo, novembro 12, 2006

TEMPO

Passa o tempo e a estrada vai,
aonde só ela sai,
e eu não consigo ir.
Cada passo conta tempo,
e o coração ainda ainda inventa,
amores pra eu ir buscar.

Tempo,
que se conta rápido e lento,
pra o quando dura a alegria,
a espera se ela vem.

Vida, ainda,
que eu te inventasse de novo
vendo o tempo,
eu nem saia do ovo.
naenorocha

Um comentário:

(L)oca disse...

que saudades da adolescencia...recordei...

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping