segunda-feira, novembro 27, 2006


PALAVRAS

Palavras são ditas pra não recorrermos
Aos gestos, que são palavras guardadas,
Que quando saem são passarinhos
Arrebentando a gaiola, fugindo.
Palavras são ditas para dizerem,[
E nem sempre bastam, basta em dizer,
O que não se fazem entender
Por que os gestos por si, dizem mais.
Palavras foram feitas para serem veladas,
E só aqui e ali, um murmúrio, já é demais,
Os gestos ferem mais que as palavras,
Estas sobra ou espessa navalha.
Eu me contento em falar-me
De dentro pra dentro e me contento,
Ninguém me ouve, nenhuma palavra,
Que alguém confunda ser a ele dirigida.
E com o mundo costumo agir da mesma forma,
Da mesma forma, as palavras são,
Tem o mesmo tamanho, a mesma dimensão
No repercutir, enganar, serem mal entendidas.

naenorocha

Um comentário:

Leila Lopes disse...

Sim, da campanha, quando gosto de onde piso, fico e procuro todas as cores da terra.
Boa semana.
Bjo

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping