sábado, novembro 25, 2006


O MEU MUNDO

O meu mundo não se iguala aos de outras pessoas,
É um mundo caricato, pintado e retocado por mãos de amadores,
É um cubículo em sua entrada, de próximas paredes que ressoam,
Qualquer palavra saída, qualquer gemido inncontido, de minha boca.

Não é um mundo onde se façam experiências em cobaias,
Meu mundo por pouco não sobra e a miniatura de mim cabe,
É de um entra e sai de mim mesmo, e às vezes me rebato,
Ficando dentro o que se escora, saindo o que já se acaba.

É um mundo de línguas múltiplas, a da enfermidade da alma,
A dos lamentos que já me acostumei a repeti-los, do passado,
E a língua dos homens que eu entendo, e que as vezes me falta,
Dizer, puro, verdadeiro, aonde dói muito e onde dói mais.

Não é um mundo que se vá, por procura de aventuras,
Por que lá só existe eu, a única e provável criatura,
O resto são pedaços dele, que por má sorte, desventura,
Rompeu com o resto de outros mundos de outras alturas
.
naenorocha

Um comentário:

Advi Morena disse...

Olá!!!!
Seja sempre bem vindo ao meu cantinho.
Adorei o Jeito que escreves!!!
Bjokas
Boa semana

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping