segunda-feira, novembro 13, 2006



POESIA

A intenção da poesia é mexer com a noite, o dia,
Fazer uma revolução de letras, experimentar a ousadia,
Pra ver se vem ao seu encontro os olhares mais melosos,
As palavras escabrosas, que ela insiste, que fazia,
E de tudo a poesia tem, de lagrimas sem razão,
A lampejos de dor e ódios arrebentando o coração,
Asneiras que ninguém ousa sequer segurar um pouco,
Enquanto a tinta seca e ela se firma sem razão.
Quem faz poesia provoca a quem está quieto,
Acomodado, acostumados aos seus desafetos,
Sem se odiarem, nem se lembrarem, nem se tomarem
Um para o outro, aceitada a distância de gênio e lugar.
O papel da poesia reside no caderno, no papel de pão,
Na carteira de cigarros, numa caixa amarrotada,
Ou, pior que se veja, pode está almeja, perto do coração.
E se um ataque fulmina a vida de quem, desmilinguida,
Leva tudo pra razão, e chora e grita, gesticula ao infinito,
Dá um piripaque e cai. Quem se responsabilizaria
No caso pelo óbito, o poeta mentiroso, ou a poesia anedota.
Fazer poesia é talvez o maior descalabro,
Pego um papel e abro a caneta e disto a pensar,
Em amores que não tive, aventuras que passei longe,
Em guerras que nem a data preciso, em chorar.
Par se ler uma poesia tem-se obrigado o preposto
De estar-se a ler a carta de Pero Alves,
Que dava a forma das índias dessas meninas de agora,
Musas de um verão carioca, pircings, barriga de gora,
E aos índios, surfistas musculosos, tatuados, o corpo inteiro,
Com dizeres e figuras do tempo, ai love iu, mai love!
naenorocha

Um comentário:

Rosângela disse...

"Mais forte será sempre aquele que põe juntas suas mãos."

Sören Kierkegaard

Aqui venho agradecer pelo carinho á mim retribuído, pois é essa atenção que tem me dado muita força, pois como sabe não é nada fácil ter uma pessoa de que tanto amamos nesse estado. Muito obrigada mesmo e que Deus possa sempre abençoar e ilumniar á você e toda sua família.
Beijos e tenha uma ótima semana.
Amiga Rô

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping