segunda-feira, novembro 06, 2006


NOSSO BEIJO

Pouco tempo dura o nosso beijo,
Qualquer minuto, mas quanto dura,
Neste pequeno momento,
Um vasto lago de doçura.
Na querência de um momento,
Vão-se horas inteiras contada,
Vai-se longe o tempo
Que por tua boca só, sou beijado
Tempo em que me alimento.
O néctar que em minha boca lanças,
Devolvo parte à tua, adocicada,
É assim o beijo que se gosta,
É assim que quero ser beijado.
Beijar sem se despejar,
É como não amar e que dizer, amo
Ou tomar um galho com flores,
Tira-las e ficar só com o ramo.
O beijo prende, e beijo gruda,
O beijo pende, o beijo puxa,
O beijo e o amor se ajudam,
Sem se beijar, a boca murcha
.
naenorocha

3 comentários:

(L)oca disse...

Um beijo sentido sem dúvida...

Naeno disse...

Oi mulher distante,

Esra foto que utilizei neste poema é tua. Se não me manda uma tua via e mail, queria ver-te. Deu-me vontade de te conhecer.

Naeno

Naeno disse...

Ah, esqueci, muito obrigado pelos comentários. Adorei a todos.

Um beijo

Naeno

TERESINA

Sign by Dealighted - Coupons & Discount Shopping